segunda-feira, 11 de abril de 2011

Prometo Não Fazer Muito Barulho


Existe modo mais anticlímax de avisar alguém sobre uma novidade?
É que faz um tempinho, eu resolvi postar algumas resenhas aqui no Caneta, e postar resenhas quando você mesmo é um (aspirante a) escritor é bastante delicado.
Um dia você é a pedra o outro o vidro, não é?
E o velho Yvis não pretende ofender o texto de Seu ninguém, tsc tsc, “nananinanão”. Deixemos isso para os amotinados e mal amados a quem a Terra já está destinada.
- Covardia, Senhor Caneta Selvagem?
Não mesmo.
Sensibilidade, cumplicidade e uma dose de boa educação.
Apenas quem escreve sabe o quão duro é fazê-lo (o mesmo vale pra quem cozinha e etc, né), portanto eu jamais criticaria negativamente um texto qual fez das tripas coração para me ENTRETER.
É claro que no caso de livros que tentam nos enfiar dogmas imparciais, opiniões do autor em forma travestida de prosa, aí, sim, é justo que seja feito um contra-ataque.
Mas, meu bom senso diz que, no que se trata de literatura de entretenimento, não tenho o direito (e nem vontade) de menosprezar a cria dos outros. Deste modo, as resenhas que pretendo escrever terão caráter descritivo e não muito lá opinativo.
Que seja.


_______________________



Acabo de firmar uma espécie de parceria com o Selo Brasileiro (um grupo de autores que juntos promovem seus livros e, por conseguinte, a literatura nacional). O interesse foi meu como blogueiro e não como autor. Isto, pois deduzo que estarei ainda mais engajado na causa literária. Com prazer conhecerei mais autores nacionais - inclusive aqueles fora do gênero fantástico - aprenderei a desenvolver uma resenha e de quebra ainda conseguirei bastante alimento para o Caneta Selvagem.
Este projeto ao qual me voluntariei, chama-se “Booktour Selo Brasileiro”, e consiste no trânsito dos livros por meio dos blogueiros mancomunados. Um envia para o outro, que dentro do prazo (15 dias) lê o material. O trabalho que já está em minhas mãos trata-se de um romance passado durante a 2ª Guerra, e já me identifiquei logo aí, já que parte do meu livro se passa em uma grande guerra também (é, infelizmente, quando vemos o pior, mas também o melhor do ser humano). Confesso que desconhecia o nome da autora, portanto de algo a parceria já serviu. Assim que chegar a hora, tagarelarei a respeito do livro e se sua criadora.
Segue o link para os blogueiros interessados. http://selobrasileiro.blogspot.com/p/booktour-selo-brasileiro.html
___________________________




No mais, para descansar a cabeça de meu romance, tenho avançado bastante em uma novelinha fantástica e descompromissada chamada ‘Os Caçadores de Estátuas’. Classificada como juvenil por algumas pessoas que leram o trechinho que publiquei a umas semanas atrás. Pretendo terminá-la em breve, mas ainda não sei se terei coragem de publicá-la on line, já que é um trabalho muito menos minucioso que todos meus outros. Estou seriamente pensando em fazer uso de um pseudônimo e postar em outro blog.
- Covardia, Senhor Caneta Selvagem?
Oi?! O.O
Para quem se interessar.

Ótima semana pra todos vocês!
Abraços!
@Yvis_Tomazini





8 comentários:

  1. Olha só, então estais dentro do Book Tour, parabéns. Vou querer ler suas resenhas ;)

    ResponderExcluir
  2. Puxa agora que vi o comentário que deixou no post em que postei o pedacinho de "Os caçadores..." Muito obrigado pela honestidade, e ainda bem que gostou.

    Qto as resenhas, pois é, vamos ver como elas saem. Tentarei ser o mais respeitoso possível com as obras. =P

    ResponderExcluir
  3. gostei do comentário "a Terra está destinada aos amotinados e mal amados"

    ResponderExcluir
  4. heheh invariavelmente a maioria das pessoas não prestam.

    ResponderExcluir
  5. Ahh eu vi esse desafio, até quis, mas tive de me conter de participar, uma vez que sabia que não ia conseguir honrar os prazos e não queria atrasar ninguém nesse rodizio de livros, mas estou curiosa pelo que ira sair, acho que é uma proposta e tanto, além de um incentivo fodão pra literatura nacional. ;-)

    ResponderExcluir
  6. Sim sim, qdo tivermos os nossos vamos copiar a idéia diz ae heheh

    ResponderExcluir
  7. Que história é essa de pseudônimo??? ¬¬

    ResponderExcluir
  8. É poh, qdo eu escrever alguma coisa q eu n tenha ctz qto a qualidade, vou assinar como "Carol Mancini" !

    ResponderExcluir

Muito obrigado por contribuir com A Caneta Selvagem.
Isso significa muito.
Yvis Rissi Tomazini